terça-feira, 15 de junho de 2010

Golusices

Letra a letra pode-se dizer que o “pueblo” ficou parado. O mundo parou para ver o espectáculo, nas tabernas, nas tasquinhas, nos bares, nos restaurantes de luxo e até nesse belo planalto à beira mar, onde a morna de Junho parece contagiada pelo vento da Primavera, que de tarde fugiu para outras paragens deixando apenas uma chuvada para o Verão. Em toda a parte a mobilização da imobilização foi total.

As televisões sintonizadas na mesma frequência procuravam registar todo o silêncio da emoção.
Será que é desta?
Então o "milagre" aconteceu! Um telefonema apenas e uma carta sem remetente foi quanto bastou para que as palavras começassem a crescer no topo da garrafa, por todo o lado, gritando a uma só voz:
GOoooooooooooooooooooooooooooooooooooooLUSICES.
E a garotada correu em debandada à procura dos doces.

Resultado: 0/0

5 comentários:

Julie D´aiglemont disse...

Ahahahah! Isto é o que se chama publicidade enganosa!

siceramente disse...

e eu a pensar que era a morte da bezerra :P

Catarina Reis disse...

Nada de publicidade enganosa, ou morte de animais queridos (bezerra) apenas bom humor para animar a malta.
Bjs Catarina

Tulipa disse...

heheh Eu acabei de comprar um saco de gomas :) vem mesmo a calhar o assunto :) kisses

Catarina Reis disse...

Faz tempo que não como gomas, não me queres enviar umas??
Bjs

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...