quarta-feira, 18 de julho de 2012

Verão quente

Bom dia, tenho andado ausente deste espaço, mas não distraída.
Tenho pena que tanto se filosofe e se fale nas licenciaturas polémicas, actualmente do Sr. Relvas, mas certamente que haverá outros tantos por aí, mais ou menos anónimos.
Não estando de acordo com o sucedido, ainda assim, penso que o que está realmente mal, são as leis que o permitem, o sistema em si. O Sr. Relvas, limitou-se a fazer aquilo que, o Zé Portuga tem enraizado dentro de si, contornar a questão ao seu jeito e formalizar aquilo a que todos chamam de licenciatura instantânea. A diferença é que faça o que ele fizer, aconteça o que acontecer, haverá sempre um cargo mais ou menos vistoso à sua espera, onde o desemprego será apenas uma palavra para a estatística dos outros. 

terça-feira, 3 de julho de 2012

Inglês para Deputados

Ultimamente tenho andado um pouco preguiçosa para escrever, talvez esteja a sofrer do sintoma de Veranite aguda  que contamina a blogosfera com ausência de conteúdos, ou com conteúdos pouco inspiradores ou criativos, muito bem explicado no post do blogue, do Tiago BM http://osbota.blogspot.pt/2012/07/o-verao-blogosfera-e-sua.html
Mas aqui vai disto para tentar contrariar a tendência.

Já uma vez fiz um post sobre o Inglês do nosso primeiro ministro; http://catirolas.blogspot.pt/2012/04/numa-deslocacao-ao-reino-unido-ontem-o.html
Mas ao que parece não é apenas uma pequena lacuna do Dr. Passos Coelho, a verdade é que depois de ouvir uma noticia sobre a deslocação do Ministro dos Negócios Estrangeiros, a Xangai, que entre outras coisas foi captar negócios da China para Portugal,  fiquei absolutamente convencida qual a oportunidade mais imediata, para abrir um negócio em Portugal. Um curso de Inglês para deputados. Pois foi demasiado deprimente ver e ouvir o discurso do Dr. Paulo Portas, que nem a ler um papel, provavelmente escrito e traduzido pelos secretários, se conseguiu expressar de uma forma mediana.