quarta-feira, 23 de abril de 2014

O Silêncio da Planície

Dia 23 de Abril é o dia Internacional do Livro. Apesar da evolução dos tempos e de lermos cada vez mais o que se escreve online, em detrimento da leitura do livro físico. Os livros são e continuarão a ser, pedaços mais ou menos completos de letras, de palavras e sobretudo  de sentimentos, sejam técnicos, científicos, históricos,... ou lúdicos, porque as pessoas que os escrevem ou que "pedem" para os escrever, sendo mais ou menos letradas, são o intelecto que levam à  sua criação.   

Um livro que vale a pena ler:
O Silêncio da Planície, Maria do Céu Barradas





terça-feira, 15 de abril de 2014

Os campos de concentração da saúde

No outro dia vivi uma experiência na terceira pessoa, porque se fosse na primeira, não sei se tinha aguentado, absolutamente de outro mundo, que entre hospitais públicos e viagens de vários quilómetros, o problema de uma espinha espetada na garganta, ficou resolvido em 10h00, removida sem anestesia com uns tubos enfiados garganta abaixo. 
Desde que houve um aumento das taxas moderadoras, os portugueses estão a optar pelas urgências dos hospitais privados em detrimento dos hospitais públicos, o tempo de espera e a qualidade do serviço estão na origem dessa opção.
O Ministro da Saúde acha normal, uma concorrência saudável. 
Qual concorrência? Se o atendimento, a qualidade do serviço e o tempo de espera  não têm comparação. 
Não há sistemas perfeitos é verdade, mas aspirar a perfeição deveria ser uma máxima, ainda mais quando se trata de pessoas, de vidas humanas... uma população a caminho do extermínio e da extinção, num campo de concentração moderno a que deram nome de Urgências.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Chutos e Pontapés

Já há algum tempo que queria publicar isto aqui.
Com 35 anos de "Chutos e Pontapés", fica aqui a homenagem.
Publicado no "Correio da Manhã", 28 de Fevereiro 1999.

sábado, 5 de abril de 2014

O Apelo!

A vida muda de um dia para o outro, nada é aquilo que tantas vezes planeamos e quando pensamos que temos o "mundo controlado",  logo vem o "universo", dizer-nos precisamente o contrário. Este fim de semana vai haver mais uma campanha de recolha de alimentos promovida pela Missão Sorrisos e pela Cruz Vermelha e por uma série de voluntários onde se incluí a "Catirolas". 
Se for possível ajudar, ajudem! Nunca se sabe o amanhã e o amanhã poderá ser quando menos se espera. Agora mesmo!