quarta-feira, 3 de junho de 2015

Formigueiros


A idade não é um posto, ninguém sabe mais disto ou daquilo porque é mais velho, já a vivência, a convivência e já agora a conveniência e conivência que são fáceis de explicar, complicadas de ultrapassar mas muito óbvias de entender, são outro departamento, situado no limbo, algures entre o fazes falta ou vai-te embora melga
Cada pessoa é uma pessoa, e a vida é apenas uma etapa de aprendizagem constante que nem sempre é consistente. Os erros de entendimento, de julgamento, pela falta ou excesso de controle das emoções, não passam despercebidos. Ainda que as palavras não sejam efectivamente pronunciadas, a linguagem não verbal e os actos dissimulados são bem visíveis a quem tem o dom/desgraça de observar e de intuir... um "mundo" onde tudo o resto são apenas migalhas sem açúcar para as formigas, que se juntam quando lhes convém, a discutir quem afinal é o líder ou o rato.









terça-feira, 2 de junho de 2015

O que fizemos às nossas crianças?


Ontem foi o dia da Criança. Ser criança no mundo atual, é:
Viver uma vida muito preenchida, (à semelhança dos pais). É ver os pais sair a 100 e entrar a 200 e quase não ter tempo para brincar, entre a escola e as actividades extra curriculares. 
É viver uma vida social muito activa ao fim de semana, de casa em casa, de festa em festa, do amiguinho que faz anos. É dominar tudo o que é tecnologia de ponta e ficar surpreendido quando "o campo vem à cidade". É ter o comando da televisão "colado à mão" e ver um infindável programas de bonecos estranhos, e depois "consumir" todo o tipo de merchandising que o marketing para kids oferece.
Ser criança nos dias de hoje é ter pais "cools" e carradas de tios com mais ou menos laços familiares; ter tempo de qualidade passado com os novos avós/avós novos e poder alcançar uma diversidade de matérias e de descobertas com uma facilidade gigante.
Ontem foi o dia da criança. 
Os homens de hoje, mais ou menos inconscientes, transformaram a vida das crianças, o seu paraíso inocente, num mundo de pequenos adultos, esquecendo-se por vezes tudo o que uma criança é e deve ser, é apenas isso, criança....