quinta-feira, 31 de maio de 2012

Coisas que me fazem comichão na barriga

Não sei se é por ser quem sou... a construção do meu ser, a minha educação, as minhas referências, a minha personalidade... Tudo aquilo que contribui e que continua a plantar, o meu crescimento.
Na verdade, por vezes sei que sou demasiado contestatária. Mas se algo está mal, temos o dever e obrigação como pessoas e cidadãos, de reclamar, com todos os meios que temos ao nosso dispor.
O problema é que a maioria fala, e crítica, mas tudo num ambiente louge de tasca, numa típica conversa de café... sem se dar ao trabalho de fazer algo, verdadeiramente, para mudar.
Tão irritante e ridículo, como ter vizinhos professores, com Mestrados em Educação e com crianças pequenas, e que no entanto, não sabem distinguir, o que é lixo orgânico,  do que é plásticos, cartão, ou vidro; só pode ser um acto de ignorância o facto de deitarem todo o lixo num contentor normal, tendo o Ecoponto a poucos metros.


Vou deixar esta imagem aqui, nunca se sabe pode ser que os "ditos" vizinhos venham a ler este Post. E se eu imprimir e deixar na caixa do correio???



Ecoponto  amarelo
Embalagens de plástico e metal
Depositar : garrafas e frascos de plástico (sumos, água, leite, vinho),sem tampa, não contendo produtos perigosos ou gordurosos (azeite,óleos,...) - vazios e enxaguados. 
Não depositar : Embalagens de iogurte e outros, objectos de plástico, electrodomésticos e outros objectos de metal. 


Ecoponto  Verde
Vidro
Depositar : Garrafas, frascos e boiões de vidro, vazios e enxaguados, sem tampas ou rolhas. 
Não depositar : Louça de cerâmica ou de vidro (piréx, pratos, chávenas,...) lâmpadas, espelhos. Ampolas, seringas e pára-brisas.


Ecoponto  Azul
Papel e Embalagens de cartão
Depositar : Jornais, revistas, folhetos, cadernos, papel de escrita e sacos de papel, embalagens de cartão liso, canelado e de bebidas (leite, sumo,...) - espalmados. 
Não depositar : Papeis sujos ou engordurados, guardanapos, papeis metalizados ou plastificados e envolvidos em plástico. 





sexta-feira, 25 de maio de 2012

Vamos ajudar o Banco Alimentar

Se todos nós, em qualquer momento da vida, precisamos de alguém, de uma palavra, de um carinho ou de uma amizade; existem outros, que no silêncio do roncar da barriga precisam ainda mais, e não é apenas de afecto, é também de alguma comida, para satisfazer as necessidades mais básicas do ser humano, a alimentação. 
O banco alimentar, vai estar este fim-de-semana a recolher comida um pouco por todo o país... Não é a solução para o flagelo da crise, do desemprego e da fome, mas não deixa de ser uma grande ajuda, em muitos casos, talvez a única....

...e eu lá estarei a agradecer e a recolher a vossa ajuda, algures num hipermercado da zona Oeste.



quarta-feira, 23 de maio de 2012

Genialmente horroroso!

O Brasil é um país de criativos, um lugar de referência para publicitários, artistas e loucos.
O mais recente exemplo disso, é esta cabine telefónica, em forma de cérebro, da autoria da artista Carla P. Carvalho Fernandes e que faz parte de uma exposição na Via Pública nas Ruas de São Paulo, intitulada de "Call Parade". 
Apesar da sua criatividade, a imagem não é muito atractiva, e de certa forma acaba por ser até um pouco repugnante e medonha. Muito provavelmente porque por estes dias não estamos muito habituados a ver pessoas com cérebro, pelo menos com a utilização que dele se esperaria.

Fica aqui a imagem:



segunda-feira, 21 de maio de 2012

Em 2015, vai acontecer tudo.

Em 2015, segundo os Astrólogos altamente credenciados e Doutorados que trabalham no Governo, vai acontecer tudo.
Vai ser o ano da viragem económica. Portugal, vai subitamente renascer e governar a Europa em conjunto com a Alemanha.
Prevê-se um crescimento abrupto da economia, e o desemprego vai desaparecer completamente, sendo necessário recorrer a mão-de-obra exterior.
Vai ser o ano da retoma, dos subsídios de férias e de Natal, dos funcionários públicos e dos cortes dos salários, com um bónus e acréscimo de 50%.
Provavelmente vai acontecer tantas outras coisas, mais ou menos ilusórias e imaginárias, porque certezas absolutas, só aquelas que nos dizem que, em  2015, as pessoas, personificadas pelos números vão ganhar uma notoriedade acrescida, pois em ano de eleições, o Zé esquecido no fim do mundo, tem sempre aquela importância desmedida. 

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Corrida à chicha

Se pensam que em termos desportivos, os portugueses, estão agora focados no Europeu de futebol, estão profusamente enganados. 
Depois da maratona dos 50%, as famílias portuguesas estão neste momento em estágio para as provas deste fim-de-semana. Concentradíssimos para a corrida aos frangos, galinhas e derivados; preparadíssimos para agarrar o melhor naco de vaca; ansiosos por por as mãos naquele lombo de porco, tanto tempo namorado entre prateleiras, e com esperança de ainda conseguirem superar o record pessoal, de encher e empurrar carrinhos, sem bater nos principais adversários, na corrida pela carne. 
Vai ser a pura da loucura!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

O café dos miaus

Ora aqui está um lugar onde a Catirolas se iria sentir muito bem acompanhada.

Abriu na terça-feira, em Viena, Áustria, o primeiro "café de gatos".
O"Café Neko" , tem como inquilinos habituais, 5 animais vindos de um abrigo local, Sonja, Thomas, Mortiz, Luca e Morno. 
Ora, aqui está uma boa forma de salvar estes amigos fofinhos, companheiros de muitos ronrons e miaus, e de ao mesmo tempo encher o café de charme.
Em Portugal, esta ideia não é uma novidade, basta passearem-se por exemplo pelo Chiado, visitarem a emblemática livraria da Cotovia e se tiverem sorte, talvez a gata Maravilhas vos aconselhe alguma leitura.

Fotos: Gata Maravilhas na Livraria Cotovia e Café Neko




quinta-feira, 10 de maio de 2012

Mudam-se os tempos adequam-se as ofertas

Como os tempos mudam as necessidades e as ofertas. 
Antigamente, quando se falavam em passatempos, não se esperava menos que o sorteio de um carro, de uma casa, ou até de uma semana de férias em algum lugar fora do país. 
Actualmente, tudo o que se ouve, é a oferta de um depósito de combustível grátis, o pagamento de um ano da conta da luz, da água, ou um fim-de-semana numa pensão duvidosa, no Martim Moniz, com oferta adicional de um pack de lençóis de casal e de um trem de cozinha.
E se formos para o campo das promoções mais directas, já vimos que por estes dias, existe muita gente capaz de matar por uma tira de toucinho fora do prazo, ou uma garrafa de tinto carrascão, mesmo sendo vegetariano e não gostando de vinho.


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Reflexão sobre a ausência de feriados

Não sei o porquê de tanta especulação, nervosismo, e perca de tempo à volta desta questão. A verdade é que cada vez mais, e infelizmente, à menos gente a trabalhar. O desemprego que aumenta todos os dias, e a ausência de perspectiva de trabalho, faz com que, para muita gente, todos os dias, sejam feriados e tempo de férias forçado.
O crescimento económico e o aumento de produtividade, só é possível, se existir gente activa a produzir e a trabalhar, tudo o resto são apenas papeis a saltar em cima da mesa, para justificar a existência de uma pasta, num faz de conta de produtividade. 










Imagem: Internet, Telejornal RTP1

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Do telhado da Santa Terrinha em pleno Portugal tecnológico. Alguém me consegue ler?

A esta altura muitos se devem ter indagado, por que caminhos andará a Catirolas, ou não. A verdade é que inexplicavelmente apercebi-me que na ausência de tecnologias, o meu mundo fica um pouco aprisionado, mas vou passar a esmiuçar, como diriam os Gatos, este assunto.

Falemos então de tecnologias. 
Desde o dia 2 de Maio que estou privada de comunicações, (do contrato da MEO: da televisão, telefone e da internet), desde esse dia que comunico a estes senhores, (atenção comunicar significa, ligar várias vezes para o número das avarias, a pagar), os mesmos profissionais eficientes, que agendaram uma visita ao local, fazendo-me perder um dia de trabalho, e que não apareceram, nem avisaram, e que no limite, e após 2 queixas para o provedor da PT, me contactaram e prometeram resolver o assunto, até dia 8 de Maio. Leia-se uma semana depois.
Mas e vocês perguntam-me. Porque razão não mudo e continuo a pagar um serviço de péssima qualidade? Pela mesma razão, que na Santa Terrinha, local onde vivo, (a 5 km da Nazaré e de Alcobaça e  a 20Km de Leiria), não existe 4G e 3G, talvez alguns Kb., num dia de sorte e isto se subir ao primeiro andar e colocar o computador com a pen na cabeça. Pela mesma razão, de que quando se fala em fibra apenas me vem à ideia a fibra dos alimentos, porque a outra, é apenas uma miragem, ou quando se pretende mudar por exemplo, para a Cabo Visão e nos dizem que é impossível, porque a nossa casa, num sitio sossegado, com uma vista deslumbrante, fica a 8 metros de distância de um cabo, como se tivéssemos na China. Ridículo se pensarmos que vivemos numa altura de crise e da falta de clientes, e mais ridículo ainda se torna se pensarmos que nessa distância existem mais moradores, "potenciais clientes" que na rua inteira, onde está o tal famoso cabo de onde não é possível fazer a puxada. 

Nota: Se querem saber como foi possível escrever este blogue, digamos que fui para o telhado e consegui ligar-me à net de um vizinho, mas se contarem a alguém, negarei tudo. 




quarta-feira, 2 de maio de 2012

O melhor do ser humano

Não me venham dizer que é uma questão de crise e de necessidade, em larga maioria, não creio que seja, porque os mais necessitados não têm sequer 10,00€, quanto mais 100,00€, para gastar.

O melhor do ser humano, é passar o dia do Trabalhador, enfiado num supermercado a consumir compulsivamente, como se o país tivesse entrado em guerra e os bens essências fossem acabar, enchendo os carrinhos com compras e esvaziando as prateleiras, aos murros, empurrões, gritando, correndo, mostrando o que de melhor e mais humano existe em cada um de nós: a ganância e a cobiça de conseguir aproveitar uma promoção, que na aparência pode até ser vantajosa, mas que depois de equacionadas todas as variáveis, tempo despendido, saúde física e psíquica e até o preço de alguns bens, não deixa de ser apenas mais uma ilusão, criada com sucesso, pelas ferramentas da publicidade. 
Quanto ao Mítico e Simbólico 1º de Maio, foi apenas mais um feriado, que tendencialmente e a avaliar pelas acções da humanidade, parece começar agora a deixar de fazer qualquer sentido.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Animais na Ovibeja

Mal a edição deste ano da Ovibeja "(A OVIBEJA (www.ovibeja.com), que começou por ser um certame essencialmente agro-pecuário, é ao fim de 29ª edição a maior feira de actividades económicas do Sul do país. Com uma forte matriz na cultura ancestral do Alentejo, a OVIBEJA acolhe todos os anos mais de um milhar de empresas e entidades participantes e é visitada por mais de 200 mil pessoas)" abriu portas, e foi ver uma correria de "animais políticos" a visitar e a degustar, aquela que é já considerada a maior feira ideológica e politica do país, pelo menos a avaliar pela visita de figuras politicas e pelo aparato da comunicação social. Nunca as vacas, os bois, os porcos e os burros tiveram tanta notoriedade como por estes dias.  


Imagem: Internet. Exemplar robusto da Ovibeja.