segunda-feira, 31 de maio de 2010

Dia mundial sem tabaco

O tabaco é uma planta “Nicotida tabacos”, da qual é extraída a nicotina.
Quando se fuma, a nicotina é absorvida pelos pulmões, chegando ao cérebro em 9 segundos, provocando efeitos como a elevação leve no humor (estimulação) e diminuição do apetite, também produz uma diminuição do tômus muscular, o que provoca aquela sensação de relaxamento muscular. A nicotina motiva o aumento no batimento cardíaco, pressão arterial, frequência respiratória e actividade motora; no sistema digestivo provoca queda na contracção do estômago, o que leva a uma maior dificuldade de digestão dos alimentos.
Cada cigarro contém um enorme número de substâncias tóxicas, como a nicotina, o monóxico de carbono e o alcatrão, que são ingeridas em cada bafurada.
As doenças associadas ao fumo são muitas e devastadoras, pneumonia, cancro, enfarte miocárdio, etc….só para enumerar algumas. Estas e outras doenças atingem os fumadores activos, mas também aqueles que apesar de não fumarem, estão diariamente expostos ao fumo tóxico de um cigarro.
Apesar de a população estar consciencializada para os efeitos do tabaco, muitos são os que continuam a fumar, por prazer, por vício, ou até pela aceitação social, principalmente nas camadas mais jovens onde fumar é essencialmente uma forma de integração.
Estamos num mundo livre, cada um é livre de escolher o seu caminho, liberdade de fumar ou de não fumar, desde que não se mande “acidentalmente” o fumo para cima daqueles que não fumam e que nem querem fumar. A nossa liberdade acaba onde a do outro começa.

Nota: Este post é dedicado aqueles que trabalham em empresas que não cumprem a lei do tabaco, onde a entidade patronal e trabalhadores fumam em todo o lado, compulsivamente, sem pensar no resto dos colegas que lá trabalham e que não fumam.

Imagem: Internet

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Adoro animais odeio hipócritas.

Sobre a religião e o culto da religião; sobre a fé e os votos de amar o próximo, de fazer o bem e de que todas as criaturas são criaturas de Deus… 
As ordens que partem da Reitoria do Santuário são claras e límpidas como a santa que “mora” no local.
Todos os cães que apareçam para pedir esmola, cumprir uma promessa, fazer uma reza, ou visitar simplesmente o lugar, são para ser capturados.
Os seguranças do local cumprem escrupulosamente a ordem.
Assim, os pobres animais são apanhados e colocados em caixas, que estão nas traseiras do santuário, no local das oficinas, ficando ali a monte, sem condições, à mercê das atrocidades do tempo, na desumanidade que podem ver.
Sem falar na violência física a que muitos deles são sujeitos por parte daqueles que os apanham, os cães, pequenos ou grandes, rafeiros ou de raça, com ou sem dono. Ficam à espera que a Câmara Municipal de Ourém, que não tem um canil municipal nem faz grande força para ter, os venha buscar, já muito debilitados, e lhes dê um fim.

Realmente agora fez-se luz na minha cabeça! Lembro-me de ouvir nas notícias, pelo 13 de Maio, que a Câmara Municipal de Ourém mandou limpar as ruas, para a vinda de sua santidade e que até contraiu um empréstimo por causa disso, mas agora compreendo melhor o conceito de limpeza, pois creio que este termo se aplicou literalmente “ao melhor amigo do homem”. ´
Oh! Miúda, santa ingenuidade, então tu achas que o Papa podia pisar o cocô?!!

Esta é uma situação abominável. Não é compreensível tamanha crueldade, profanação e sanguinarismo, muito menos no seio daqueles que se dizem “Seguidores de Deus” e da fé católica num espaço sagrado.
Isto só vem provar mais uma vez, que ser bom, não é uma questão de religião ou de crença em “Deus”; porque a verdadeira fé, está na vontade de fazer o bem sem olhar a quem, ou não?


Hoje (28/05/2010) a Presidente da Associação dos Animais Abandonados de Fátima vai dar uma entrevista à SIC Notícias no local onde as fotografias foram tiradas.

Haverá também uma entrevista ao jornal Diário de Notícias!!









quinta-feira, 27 de maio de 2010

N.1

Já saiu a primeira edição:

É sexy;
provocadora;
excitante;
bonita;
erótica;
atrevida;
charmosa;
Despe Prada;
e
veio para ficar...

A revista Playboy N.1, edição Portuguesa que traz na primeira capa "A Josefina Dá um Soco no Crates e Portugal fica de Tanga."

Nota: Qualquer semelhança com o primeiro ministro, José Sócrates, não é coicidência é pura demagogia partidária.

Imagem: Surripiada algures da Internet

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O valor de um curso

A propaganda anda por aí, cartazes, prémios, e uma infinita panóplia de oportunidades para quem for o primeiro a entrar na nova loja do Ikea de Loures. É a febre da novidade, já se sabe.
Mas o que me leva hoje a falar desta loja, não é o comportamento do ser humano, que despe o fato e se torna um animal, sedento de qualquer coisa. Não. Apesar de ser muito tentador.
Hoje vou falar de outra coisa mais importante: Dos empregados do Ikea.
Segundo estatísticas, 70% dos empregados contratados para esta nova loja são licenciados. Não é nenhuma vergonha todo o trabalho é digno, e pode dizer-se que até tiveram sorte porque conseguiram um emprego, da enorme e infinita lista de candidatos, mas para quem investiu dinheiro, tempo, expectativas, e sonhos por uma vida profissional enquadrada num curso em que se especializaram, é triste e frustrante. É o querer voar e só conseguir rastejar, porque o céu está demasiado preenchido e o espaço já não tem vaga para a realização profissional.
É de casos como este que o governo e as políticas do déficit não contemplam. É muito bonito o blá blá blá para reduzir a despesa, mas se não existirem ideias, projectos, capazes de levantar esta economia anémica, serão cada vez mais, não os iletrados, mas os letrados (no sentido de terem formação superior) a limitar a sua ambição e a elevá-la para o patamar da sobrevivência, porque é disso que se trata aqui, de sobreviver! Porque o sonho, esse ficou despido, fechado na gaveta, algures no nenhures das cuecas esburacadas da vida.

Imagem: Internet

terça-feira, 25 de maio de 2010

Vizinhos ou pestes do lado.

Quem os não tem?
Simpáticos, taciturnos, educados, mal-educados, metediços, sociáveis, barulhentos, sossegados, enfim…
Eles são aqueles seres, meio do outro planeta, que ocupam “a porta ao lado”, e que por vezes, vemos mais vezes, que vemos um amigo ou um parente próximo; que espreitam à janela para ver com quem chegamos, ou o que trazemos na mão; que nos colocam os cabelos em pé, quando soltam o cãozinho e o pobre animal escolhe o nosso portão para fazer as necessidades; que nos oferecem os pepinos da horta, só para parecerem simpáticos e para tentarem perceber qual o tapete que temos no hall; que fazem barulho pela noite fora, precisamente naquele dia em que precisamos de dormir, porque vamos levantar cedo; que acendem a churrasqueira para assar sardinhas, no dia em que o vento está na nossa direcção, só para nos empastar a roupa do estendal com o cheiro a peixe; que ocupam sempre o lugar onde gostamos de estacionar o carro, no dia em que não o queremos arrumar na garagem… e outras tantas coisas propositadamente ocasionais, que ficamos na dúvida qual a verdadeira intenção da acção.
Eles são na realidade, aqueles seres familiares, que vivem, mais ou menos próximos de nós e a quem podemos recorrer sem grande dificuldade.
Eles não são na realidade, mais do que também nós somos para eles:
- Vizinhos.


Imagem: Internet

segunda-feira, 24 de maio de 2010

A ditadura da moda

Em Itália, um cartaz de publicidade de uma nova linha de roupa para jovens, está a criar polémica.
Através da utilização da imagem de Adolf Hitler e do slogan “Muda de estilo”. Não sigas o teu líder” procuram incentivar os jovens a não serem influenciados pelas Massas e a utilizarem o seu próprio estilo.
A campanha prevê ainda a utilização da imagem Mao Tse Tung, nos próximos cartazes.

A população italiana considera a publicidade ofensiva e já pediu que os cartazes fossem retirados.
«A utilização da imagem de uma pessoa responsável pelos piores episódios do último século é ofensivo para os princípios constitucionais do nosso país e para a sensibilidade dos cidadãos»
diz Rosario Filoramo. Vereadora do Partido Democrático Italiano.

Polémicas à parte, o que eu penso é que se os jovens aderirem todos à nova linha de roupa agora publicitada, não estão a ser originais, nem estão a utilizar o seu próprio estilo, conforme argumenta a agência de publicidade que criou esta campanha. Estão apenas a seguir as influências que a moda lhes transmite, estão a vestir-se todos de igual, estão na realidade a ser liderados por uma nova ditadura da era moderna, o mundo de Massas.


Fonte da Noticia: jornal britânico “Telegraph
Imagem: Internet

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Um dia melhor

Há dias em que não estamos bem onde estamos, e quando estamos onde queremos, parece que não gostamos de lá estar.

A açorda de marisco já fumega no fogão da vizinha. No ar, cheira a mar, a maresia, a areia molhada e a gritos de gaivotas. Será que elas também sentem a fome de Grrrrrr?
Há menos comida no mar e em terra, as batatas fritas já não chegam para matar a vontade de dois passos de caranguejo atrás e um passo de caracol à frente.
Enquanto Madalena as observa, com o olhar de menina de quem caiu de pára-quedas numa terra de gente metediça, preguiçosa, de rituais estranhos e de linguagem quase imperceptível a "ouvido nu", o tempo vai passando e num segundo, a menina vira mulher, firme nas decisões tomadas, magoada pelas não tomadas e pouco resignada com as decididas, mas não anunciadas.
Não vale a pena passar a vida a esperar pela vida, não se pode passar o tempo a fazer de conta que se é feliz, quando a felicidade parece ser sempre aquele lugar bonito, onde não se está e que não se alcança. O que importa mesmo, é abrir a porta e deixar entrar "o outro dia", que por ser sempre diferente será certamente um dia melhor.

Há dias em que o melhor lugar para se estar é na praia, e hoje é um deles…
Bom fim de semana.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Parvónio no meio da Parvoíce

Hoje, está muito calor. Em vez das notícias frescas, dos textos emotivos ou das histórias fabulosas que diariamente vou escrevendo neste cantinho, vou partilhar uma daquelas parvoíces que se vão encontrando na Net.

Um vídeo colocado no You Tube, mostra uma nova técnica de cortar e colorir o cabelo.
Utilizando material inflamável, um jovem de Edimburgo pulveriza o coro cabeludo e incendeia-o de seguida.
A fórmula é simples, enquanto as chamas vão cobrindo toda a cabeça o jovem tem que dançar, só assim consegue atingir o efeito desejado, seja lá ele qual for... Enfim... não comento mais.

Nota: Claro que não é uma nova técnica de cortar e colorir o cabelo, claro que sou eu a ironizar. Não tentem isto em casa, nem peçam aos vossos cabeleireiros.


Fonte o jornal «Telegraph».  
Vídeo You tube

quarta-feira, 19 de maio de 2010

A ternura dos 70

O idoso de 70 anos de cabelo branco, rosto enrugado, com boina castanha e de óculos graduados, lá entrou a custo no banco, para depositar o dinheiro da reforma, um ritual que repetia há anos, mas em vez de dar o dinheiro ao caixa, saca de um revólver, e com a ternura e doçura próprias da idade, lá vai dizendo com dificuldade, meio atrapalhado pelas palavras que parecem ficar presas à dentadura postiça.
- Isto é um assalto.
O caixa mete-lhe o dinheiro num saco do pão, e o velhote auxiliado pelo segurança do banco sai com toda a naturalidade e descontracção.
Cá fora, a sua esposa, Ermelinda de 68 anos, esperava-o ansiosamente ao volante do Cadillac de 1930. Entrou no clássico e saíram dali a alta velocidade, rumo a lugar nenhum.

- Ermelinda, e se parássemos para fazer um piquenique? Disse-lhe com um amor sábio, interiorizado pelos anos que passaram juntos.
Pararam e sentaram-se à beira mar, presos às emoções de estarem vivos e de se sentirem vivos pelas acções praticadas. 50 assaltos em 3 semanas. Que excitação!
- Ermelinda e se fizéssemos amor aqui na praia?
Ela sorriu e disse que sim.
Anacleto com as mãos a tremer de tanta emoção, apressou-se a "vestir o Sénior". A embalagem dizia preservativos Condometric. Uns preservativos originais, concebidos por uma empresa espanhola e  que incorporam uma fita métrica, para medir o tamanho pénis.
Com 70 anos era a Puta da Loucura.









Imagens: Internet



terça-feira, 18 de maio de 2010

Homofobia Presidencial

Ontem o Presidente da República, enojado, contrariado e meio amuado falou aos portugueses, explicando porque promulgou a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Considerações à parte sobre o tema, o que me repugna verdadeiramente é que o Presidente venha dizer que “foi obrigado” a promulgar a lei, que o fez contrariado, que o sim foi dado em nome da crise, para não dividir mais os portugueses e não desviar a atenção dos políticos para a resolução de outros problemas bem mais graves.
Quer dizer que se não houvesse crise, que vetava a Lei é isso?
Penso que a matéria sobre este e outros temas, não devem ter por base a desculpa da crise, cada assunto tem a importância que tem, e assim deveria ser pensado e decidido, claro que existem matérias que não se podem dissociar do enquadramento económico, social e político em que se vive, mas não me parece que este seja o caso.
Este discurso só vem provar, mais uma vez, que Portugal é vítima de uma "Fobia Politica" disfarçada por uma caneta desgovernada, que por engano, lá vai assinando acertadamente uns papéis e que por acaso apenas decidem a vida das pessoas, nada de mais. 



Imagem: Internet

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Grandes obras

Num mundo onde reinam as tecnologias e no dia em que se comemora o "dia mundial da Internet", aqui fica um exemplo de uma obra bem feita sem recurso a crédito, a engenheiros fabulosos ou a qualquer meio tecnológico: - o maior dique do mundo feito por castores. Uma contrução com 850 metros de comprimento localizada numa reserva do Canadá, numa das áreas mais remotas do parque Nacional Wood Buffalo, na província de Alberta, no meio do nada, onde não há estradas nem cursos de águas navegáveis.
Os bravos castores constroem diques para criar reservatórios de água profundos onde se podem abrigar de predadores, fazendo fluir o próprio alimento e os materiais de construção que utilizam.
Este magnifico trabalho, que se vê do espaço, terá pelo menos 35 anos de existência, e segundo os cientistas a tendência será para aumentar, uma vez que garantidamente as gerações próximas irão continuar o trabalho iniciado.
As imagens foram captadas por satélites que circulam em redor da Terra,  e através da internet estão agora disponíveis para todo o mundo, esperemos que os castores estejam salvaguardados dos "Paparazi".

Fonte da Noticia: Diário de Noticias
Imagem: Internet

sexta-feira, 14 de maio de 2010

O milagre

Agora que o Papa finalmente se foi embora, eis que aparece o milagre.
Pois é, ao que parece uns "alucinados" conseguiram fazer o que Jesus Cristo um dia já fez "Caminhar Sobre a Água".
Depois das últimas medidas anunciadas pelo governo, o melhor mesmo é começarmos a aprender a caminhar sobre a água para fugir aos cobradores. 

Este filme foi feito no Gerês, em Portugal e mostra algumas das técnicas deste novo desporto aquático, deixo-vos como sugestão de fim-de-semana, nunca se sabe quando vai ser preciso.



Vídeo You Tube: Walk on water (Liquid Mountaineering)

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Alguém viu a Primavera?

"O imposto é a arte de pelar o ganso fazendo-o gritar o menos possível e obtendo a maior quantidade de penas." (John Garland Pollard)

Já alguém reparou como estas semanas têm sido intensas?! Não!
Então sintetizamos:
No fim-de-semana, futebol fim do campeonato, festa cor e alegria.
No inicio da semana Papa, festa cor e alegria.
No próximo fim-de-semana futebol, Taça de Portugal, festa cor e alegria, e pelo meio, discretamente, sem os direitos de antena que lhe são habituais, o estado anuncia que os impostos vão subir.
Hello!!!!!!!!!!!! O governo anunciou que os portugueses vão passar a receber menos no fim do mês e que vão ter que pagar mais, quando forem às compras. Alguém ouviu? Alguém reteve?
Bem me parecia… vem aí Futebol mais uma vez, o campeonato do mundo, festa cor e alegria.

Imagem: Internet




quarta-feira, 12 de maio de 2010

Conversas de gajas

Hoje ganhei coragem e disse à Mimi, (Mimi é uma pulga que sempre que vê um homem salta-lhe para cima, ou para baixo, depende da perspectiva)

- Estou cansada Mimi.
Irreversivelmente cansada do homem da portagem que passa por mim na auto-estrada sempre à mesma hora, cada vez mais de noite a fazer-me desenhos com os dedos e que tu achas tão sexy.
Da salada de bróculos e curgetes que devoras sempre à minha frente, como se comer um bolo de chocolate fosse crime.
Das parvoices que dizes ao telefone sem saberes quem está do outro lado.
Mas principalmente, estou farta dessas conversas de gajas, que só sabem falar de mercearia; de receitas milagrosas para acabar com a celulite; de limpezas do dia-a-dia; de maquilhagem perfeita em hora de ponta; de leggins justas para corpos obesos; da Maria que fez uma lipoaspiração cerebral e até dos programas tipo “Achas que Sabes Qualquer Coisa”, e outras tantas aberrações televisivas.
Estou cansada das conversas que temos que fazer, só para fingir que não gostamos de estar caladas.

Resposta da Mimi:
- Tens razão, não falamos mais disso, agora vou ali a baixo comer o gajo das fotocópias. Prometo que volto antes do Papa dar a missa das 2 ok?”



Imagem: Internet

terça-feira, 11 de maio de 2010

Young sister Is Watching You

Estás tão longe de mim.
Tão longe, que consigo ver um sorriso rasgado.
Tão longe, que consigo escutar as palavras sábias e sentir o calor desse amor; do carinho, da amizade, dos momentos que me enchem de sol os dias de chuva e de chuva dia nenhum, porque contigo, as lágrimas ficam sempre para lá da terra do nunca mais.
Assim tu és para mim.

Um irmão.
Um irmão não é fruto de uma escolha,
É uma dádiva de amor.
É o reflexo de uma alma semelhante à nossa, mas diferente em diversos aspectos.
É a força de quem nos abraça quando temos frio,
e
de quem nos agarra quando temos medo.
É a consciência inconsciente de quem finge o desprezo, num abraço de ternura.
É um tesouro sem preço, um gostar sem dimensão ou distância,
A certeza das nossas dúvidas, a alegria dos nossos dias,
É o oceano que nos enche de orgulho o olhar,
águas límpidas de uma amizade cúmplice e eterna,
que jamais poderá ser esvaziada,
que jamais será poluída,
e que nunca será esquecida.

Feliz aniversário maninho querido.






 
 
 
 
 
 
Imagem: Internet

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Onde está o Riot-Dog?

A Grécia tem sido nos últimos anos um país de forte contestações políticas e de muitas manifestações de rua, algumas delas bastantes violentas. Mas ao que parece o grande impulsionador deste movimento é um cão, O “Riot Dog” . Ninguém sabe muito bem de onde vem, como se chama, ou se tem dono. Mas sempre que há confusão no centro de Antenas, o cão “rebelde” está lá, a ladrar furiosamente, e segundo dizem desde 2008.

No meio das imagens que relatam a turbulência da crise financeira na Grécia, este vira-lata, que pode ter alguns genes de pastor alemão, virou uma espécie de “Onde está o Wally”. A sua popularidade é tanta que até tem página no Facebook dedicado a ele (como o “Riot-Dog”), para além de vídeos no youtube e inúmeras noticias na imprensa internacional.

Apanhados e considerações caninas à parte, com toda a certeza que o cão não entende nada deste alarido à volta da sua imagem, assim como da rebeldia, da anarquia, ou da mensagem que os protestos pretendem transmitir.
Na minha psicologia animalesca, ele não passa de um cachorro que gosta de brincar, e que vê em muitos dos actos dos manifestantes e da policia uma grande brincadeira. Por outro lado, o seu aspecto por vezes agressivo, indica que tem medo e que se assusta com algumas cenas de violência e pancadaria, mas quem não se assustaria?
No fundo, o que o “Riot-Dog” provavelmente quererá, é um pouco de carinho, atenção, e um grande osso para comer, e que nada tem a ver com este circo criado à sua volta.

"É melhor ter um cachorro amigo do que um amigo cachorro." ( Fabricio Bravim Melotti )
 No entanto, por vezes o pior amigo do cachorro, é mesmo o cachorro do homem. (Catarina Reis)
 
Fonte e Imagem da Notícia: huffingtonpost

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Há um bocadinho de Neandertal dentro de nós

O debate durou anos: o homem moderno (nós) e o Homem de Neandertal, hoje extinto, ter-se-iam cruzado e procriado juntos – ou não? Hoje a questão foi definitivamente arrumada pela genética, com a publicação na "Science" do primeiro rascunho do genoma dos Neandertais. A resposta? Sim! A criança do Lapedo teve de facto Neandertais entre os seus antepassados.  "Público" 07/05/2010
Se quiserem podem consultar todo o artigo em: http://www.sciencemag.org/special/neandertal/ 

A descoberta é incrível, no entanto creio que vem um pouco tarde pois há muito que os genes de "troglodita", e não querendo ofender os nossos antepassados "Neandertalenses", que estão enraizados no sangue latino, principalmente nos mais “ilustres”. Vejamos alguns exemplos.
Alberto João Jardim numa daquelas suas intervenções diárias: "O dr. Almeida Santos ou bebeu ou está a ficar senil";"Estou-me a cagar para Lisboa. Quero que a Assembleia da República se foda";
José Sócrates com Paulo Portas na Assembleia da República: digo aos meus filhos e digo-lhe a si"..."porte-se com juizinho e oiça";
Francisco Louçã para José Sócrates: 'Sr. Primeiro-ministro, vejo que de intervenção em intervenção vai ficando um pouco mais manso'. José Sócrates para Francisco Louçã: Manso é a sua tia pá;
E à ainda o caso recente daquele deputado pouco conhecido, mas que desde que roubou os gravadores aos jornalistas do Sábado, poderá vir a ser nas próximas eleições, um forte candidato a primeiro-ministro.
A propósito chama-se Ricardo Rodrigues.

São apenas alguns exemplos, porque um tema desta natureza daria certamente umas 100 páginas de blog, mas como vamos de fim de semana acabar os preparativos para a festa do Papa… Temos pena…
Olha! Consolem-se com o troféu da Atlantis que deve dar pelo menos para coçar as costas. (ver post anterior)   http://catirolas.blogspot.com/2010/05/ainda-sobre-festa-do-papa.html 
Bom fim de semana.

Ainda sobre a festa do Papa parte 1/2:
No dia 11, 12, 13 e 14 de Maio pedimos a todos os portugueses que evitem banhos de multidão:
Se for funcionário público por favor faça ponte e vá de férias para o Algarve.
Se for da outra classe reles, que vai ter que ir “trabuquir”, que vai ter o transito condicionado e que não vai ter onde deixar os filhos porque as escolas públicas estarão fechadas, reze um pai-nosso e peça a deus que o faça funcionário público.




Samples and sites from which DNA was retrieved. (A) The three bones from Vindija from which Neandertal DNA was sequenced. (B) Map showing the four archaeological sites from which bones were used and their approximate dates (years B.P.).

Fonte da Noticia; Público e revista "Science"
Imagem: Revista Science"


quinta-feira, 6 de maio de 2010

Ainda sobre a festa do Papa

Acabei de receber um email com esta noticia, não resistir e vou partilhar.
Obrigada Sílvia pelo teu humor de quinta.

Depois dos feriados, da palhaçada montada para o espectáculo papal, estou mais confiante, pelo menos dá para perceber que falta de humor os portugueses não têm.

"ou a ideia não correu nada bem... ou estamos todos com a mente mto preversa. :)
Vejam bem a peça que a Atlantis decidiu criar para comemorar a vinda do Papa a Portugal:
A Atlantis diz que esta peça de cristal é uma representação da Nossa Senhora de Fátima.
Se chegarem a criar uma versão a pilhas ... tem tudo para ser um “susexo”!!! "
OH! Minha nossa!


A Festa do Papa

Mês de Maio, uma multidão precipita-se a correr pela Avenida da Liberdade como se não houvesse amanhã; um rapaz com as bochechas cor-de-rosa e uma curiosidade comichosa pergunta:
- O que se passa? Para onde vão todos?
- Então não sabes garoto! Vamos para a festa.
- Para a festa! (perguntou com admiração).
- Sim a festa do Papa.

Uma festa religiosa que vai dar aos "portugueses de primeira;" umas borlas de trabalho.
Portugueses, um povo devoto na sua fé que começou logo a contrair  empréstimos para poder preparar condignamente a recepção de sua santidade.
E pergunto eu que sou ateia: Deus quereria esta feira?

Mas qual feira? É apenas um grande acontecimento religioso, então vejamos:
Na Praça do Comércio está a ser montado um palco para o espectáculo Papal.
Nos media, as campanhas temáticas para explorar ao pormenor a visita de Bento XVI já começaram há semanas:
O CM promete receber o Papa com 500 mil bandeiras; DN e JN vão oferecer O Grande Livro dos Papas, um estandarte da Paz, seguindo-se a medalha com banho de prata; A Promotextil (PTX), está a vender às paróquias cerca de mil T-shirts por dia, alusivas à vinda de Bento XVI, mas espera-se que as vendas diárias disparem a partir da próxima semana, até ultrapassarem o milhão. Para além disto tudo, temos ainda os artigos religiosos de ocasião alusivos à data, e outras tantas explorações comerciais que já estão espalhadas por todo lado; estratégias comerciais aproveitadas não pela dimensão religiosa e cristã, mas essencialmente pela percepção da imagem “da marca Papa” que por si só vende, e que é susceptível de causar audiências. Mas não é negócio, é apenas a fé a falar mais alto.

Já dizem as revistas cor-de-rosa que esta vai ser a festa do ano, não só pelo banho de multidão, mas pelo interesse que tem vindo a despertar; da comunicação social, da comunidade religiosa, da comunidade não religiosa, do resto do mundo, e até dos carteiristas que se encontram neste momento em estágio pelos jogos de futebol, feiras e centros comercias; depois de uma semana de curso intensivo, subsidiado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, que incluiu aulas de Inglês, teatro, exercícios de punhos e mãos e de defesa corporal. Também eles, desempregados de longa duração por opção, esperam, com ansiedade, que esta festa seja boa para animar o negócio das carteiras, que ultimamente tem estado muito mau…afinal, Portugal depende, e está a contar com eles, para pagar as dividas pós-Papa.
Finalmente, na última carruagem do comboio com destino à festa, vão aqueles que realmente têm fé e acreditam em Deus, mas que são humanos, suscéptiveis de serem influenciados pela panóplia de interesses criados à volta de um acontecimento que é importante para a comunidade religiosa, mas que não carecia deste circo. Afinal, tudo é uma questão de fé, algo que não se vende nem se compra, ou será que sim? 













Imagem: Internet

quarta-feira, 5 de maio de 2010

A beleza como tirania de curta duração

Sabiam que os homens que se expõem à presença de mulheres bonitas correm risco de saúde?
Assim parece. Segundo um estudo da Universidade de Valência e citado pelo jornal Inglês “Telegraph”, quando um homem fica sozinho com uma mulher bonita, mesmo por 5 minutos, os seus níveis de cortisona aumentam, para não falar de outras coisas que também aumentam, por exemplo, o ego.
Os elevados níveis de cortisona no corpo estão relacionados com problemas cardíacos, quando estes são muito elevados podem causar efeitos nefastos. Em caso de rejeição, os efeitos poderão ser ainda mais devastadores, levando ao colapso cardíaco. Tadinhos!!
Esta investigação, que envolveu 85 homens, pretendia mostrar como reagia a hormona do stress à presença de uma beldade feminina e o que se concluiu foi que os homens que estiveram expostos a “esta bactéria” viram aumentar largamente os seus níveis de cortisona e os níveis de stresse.

Uma investigação não deixa de ser uma investigação, no entanto, existe sempre a dúvida em relação ao conceito de mulher bonita, porque apesar de existirem padrões de beleza mais ou menos homogêneos, a beleza é um conceito susceptível de opiniões e de gostos diferenciados, o que poderá por isso, a meu ver, adulterar estes resultados. Depois, creio ainda, que apesar deste estudo, nenhum homem irá deixar de ter o prazer de se expor à presença de uma mulher bonita só por causa do stresse, qualquer que seja o risco valerá a pena corrê-lo, afinal como diz o nosso amigo Sócrates, o filósofo “a beleza é só uma tirania de curta duração”. E eu acrescento: não vamos desperdiçá-la.


Fonte da Noticia: Jornal Ingês "Telegraph"
Imagem: Internet

terça-feira, 4 de maio de 2010

Portable Light Project

La moda es la pugna entre el instinto natural de vestirse y el instinto natural de desnudarse.

Dino Segré

Estar na moda não é só seguir as tendências dos estilistas e dos entendidos na matéria. Não. Estar na moda, é  também saber acompanhar as novas tecnologias ecológicas, utilizando materiais práticos, funcionais e que sejam, claro, esteticamente apelativos.
Foi com este pensamento que alguns dos mais conceituados designers norte-americanos, Incluindo Tommy Hilfiger, e a revista “Elle” se juntaram e criaram um conjunto de malas e carteiras que incorporam painéis solares flexíveis, (em alguns modelos, na parte de baixo ou nas laterais) .
Estas malas “solares” para além de darem luz durante várias horas, permitem também aos seus utilizadores, carregarem, por exemplo, os seus telemóveis ou os seus Ipods, enquanto passeiam ao sol.

Os têxteis com materiais solares flexíveis e, mais concretamente, as carteiras, foram, porém, o produto inicial da imaginação de uma arquitecta de Boston, Sheila Kennedy, que teve a ideia depois de uma viagem por áreas remotas do México.
O seu Portable Light Project - e, mais concretamente, as malas FLAP (Flexible Light and Power) - é hoje aplicado a carteiras e malas, que se transformam simultaneamente numa fonte de luz e numa fonte de energia, estando já a ser testadas em algumas regiões do mundo, junto de comunidades que não têm acesso à rede eléctrica. A vantagem deste projecto é que os têxteis com materiais solares flexíveis podem ser usados e costurados pelas próprias comunidades à medida das suas necessidades.

Aqui está uma ideia gira e funcional para esta Primavera fria à procura do sol quente e tórrido do Verão, onde quer que ele esteja.
O preço é que parece que vai estar muito acima da moda.




Fonte da noticia: Reuters
Imagem: Internet

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Migalhas

Hoje tinha um texto bonito, umas palavras sãs para escrever, uma história para contar, um artigo para comentar, um texto para meditar, mas mal abri a porta, entrou uma rabanada de vento que para além de me levar os piolhos também me levou todas as palavras, as letras, as vírgulas, e toda a pontuação que vai de 0 a 10 e no fim... ficou o rasto do cometa.

A peregrinação domingueira acabou. No sofá, ficaram as marcas dos nossos corpos espalmados, comprimidos ao pecado da vida.
No chão, as migalhas esmagadas pelos nossos jogos eróticos, são apenas quimeras de manhãs perdidas e de tardes achadas.
No fim do dia, nada mais resta, apenas a recordação da memória esquecida suspensa num trapézio movido por um leve movimento de amizade, companheira dos dias no banco da idade e prisioneira à incontinência das lágrimas por derramar.
No chão do sofá ao final do dia, apenas um quase!
Talvez um olhar mais próximo do céu, ou do mar, consiga salvá-la.
Talvez um pequeno reflexo no espelho a possa trazer de volta.
Talvez…
se fechar os olhos e abrir o coração,
por um momento ela esteja lá e lá permaneça…
Eternamente.

Podes levar-me contigo?
Podes ficar comigo?

 
Imagem: Internet