segunda-feira, 14 de junho de 2010

Hotel de Lixo

Existem espalhados pelo mundo, alguns hotéis que são considerados um lixo, pelo atendimento, pela qualidade dos quartos, pelo aspecto geral… enfim, locais que mais valia não existirem. No entanto, em Roma, Itália, perto do Castelo Sant Angelo, foi inaugurado recentemente um hotel feito mesmo de lixo. Construído com 12 mil kg de detritos recolhidos em praias da Europa, o Save The Beach Hotel, desenhado pelo artista Alemão H. A. Shult, pretende sensibilizar as pessoas para os problemas ambientais e para a poluição do planeta.

A estrutura e paredes foram feitas com um material pré-fabricado, o empreendimento é temporário, e só aceita clientes por quatro dias e sem reservas.

O Choque visual do exterior e do interior do hotel, revestido de bocados de lixo tratado e desinfectado, não deixa os hóspedes e os “curiosos” que por ali passam , indiferentes. Afinal, aquela matéria prima está por aí, espalhada por todo o planeta, pelas praias, pelas ruas, pelas forestas e se cada um não fizer a sua parte de pelo menos não sujar, qualquer dia, a novidade será um hotel feito de material limpo, novo, sem lixo.

Imagens do Hotel:
Fonte da Noticia: BBC News

7 comentários:

siceramente disse...

Epah até pode coiso e tal, mas que nojo!!!
Eu estava a ver o closer tão sossegado..

Catarina Reis disse...

Sim siceramente, realmente faz um bocado de impressão.

Tulipa disse...

A filosofia eu apoio mas que realmente é horroroso, é. kisses

Catarina Reis disse...

Sim o que importa verdadeiramente é despertar a atenção. O hotel é muito feio.
Bjs Catarina

ANTIFALSIDADES disse...

Eu só lá fico se a diária não incluir refeições! É que não filmaram a cozinha...e não sei não:)
Bjs
Octávio

Luis Baptista disse...

nao deixa de ser engraçada a proximidade do hotel de lixo com hotel de luxo.

Catarina Reis disse...

Antifalsidades, por acaso não tinha pensado nas refeições, mas mete medo pensar!!

O luxo e o lixo andam juntos desde sempre Luís.

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...