terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Valentine's day

O amor por vezes é piroso, é lamechas, faz-nos sofrer e fazer coisas parvas ao longo da vida, e nunca é vivido e sentido da mesma forma,  porque na essência, o amor é feito da simplicidade das pequenas coisas que cada um à sua maneira interpreta e aprecia.

Prenda do Pipinho, no dia dos Namorados para a sua dona Catirolas.
Algo me diz que o cão do vizinho ficou com menos um brinquedo para roer.


3 comentários:

L.O.L. disse...

ahahahahahahah!
Pobre cachorro=)

A Tulipa Azul disse...

Tenho um mimo para ti no meu blog, vai lá ver:)

Julie D´aiglemont disse...

Que lindooo!

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...