terça-feira, 28 de agosto de 2012

Tributo ao amigo

Por momentos... quando a vida faz uma pausa, maior do que aquela que estamos preparados para fazer, baixamos as defesas, olhamos ao espelho e procuramos encontrar aquele reflexo que seja mais parecido, não da forma de como os outros nos vêem, nos sentem, ou do jeito profissional como passamos a nossa imagem para os outros, mas da simplicidade e da espontaneidade daquilo realmente somos! E o espelho, não é mais que aquele amigo, que temos sempre presente no coração, ainda que por vezes a ausência e a distância nos tente enganar, ou disfarçar a imagem, o único capaz de nos ver e de nos ler, apenas com um breve olhar. Aquele com quem podemos sempre contar.

1 comentário:

Luciano Craveiro disse...

Um espelho nunca mente! A não ser que seja um espelho mágico! Eheheh! ;)
Bjokas!

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...