sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

O piropo

É tão estúpido, mas a verdade é que uma pessoa só se dá conta de que vai evoluindo fisicamente, à medida que os anos passam, (ainda que no reflexo do espelho nos pareça, que isso não acontece verdadeiramente, tal não é a força da imagem que temos de nós, conjugada com o que queremos ver), quando passamos a ser  o "público alvo", de pessoas, "mais maduras", que nos atiram um "piropo" o qual achamos, no processo natural de negação, de incredibilidade e de surpresa, verdadeiramente irritante e altamente improvável, mas que se pensarmos bem na questão, ainda que, sem muita vontade. O "tal elogio" é apenas o processo evolutivo e natural da natureza humana, que nos coloca naquele preciso momento da linha temporal, no topo da sua "cadeia alimentar". 
Afinal a idade passa, mas a nossa beleza natural, apesar de algumas mutações, mantém-se e refina-se ao longo dos anos e não há como resistir a isso.  

Bom fim-de-semana, meus belos e jeitosos leitores.

3 comentários:

L.O.L. disse...

Catarina
Impressão minha ou remataste o post com um piroso direccionado aos teus leitores?
Rsrsrsrsrsrs=))))))

L.O.L. disse...

eu quis dizer piropo e não piroso. É o raio do dicionário do telemóvel. Lolololololol=)))))))

Dunas Tulipa disse...

Bom fim de semana! ;)

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...