segunda-feira, 29 de abril de 2013

A Politica explicada através da Metereologia

O tempo tal como a politica, parece não andar de acordo com o que deveria...

Quando se olha para o panorama politico português, ou até se preferirem ir mais longe, para o Europeu, excluindo a Alemanha, (que todos já percebemos, que o que  a "Alemanha" quer, é governar a Europa), está um pouco como a Primavera, confuso e com amplitudes térmicas antagónicas, que alteram de um dia para o outro. 
Por mais que se deseje, para onde ser que se olhe as alternativas, são apenas,  mais do mesmo, sem grandes soluções à vista, que façam realmente, com diferença e com clareza, melhorar a performance da politica e dos seus principais intervenientes. 
O aquecimento global e os fenómenos meteorológicos são na verdade como alguns dos governantes do nosso país, prometem um tempo ameno, com boa temperatura, mas assim que ocupam a cadeira do poder, arrasam o país com ventos ciclónicos de austeridade, furacões de impostos, e raios e trovoadas que parecem ecoar, a cada discurso e aparição que fazem, inocentemente na Comunicação Social . 
Será que ainda não perceberam que, hoje em dia, temos que nos vestir e viver, não de acordo com a estação que marca o calendário, mas si em consonância com o tempo que realmente está em determinado momento. Seja Primavera, Verão, Outono ou Inverno.



2 comentários:

somaijum disse...

Aos políticos havia de cair um raio que os parta.

Já marquei férias de inverno para Agosto. :)

JP disse...

Pois....é engraçada a associação que fazes.

Mas na política parece que nos enganamos menos :)))

A Alemanha? Questão de ADN.

Beijinho e boa semana

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...