quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

O mar esse malandro mal intencionado

Está na ordem do dia, infelizmente, porque o inverno tem sido rigoroso e chuvoso. A verdade é que por estes dias, muito se tem falado, na imprensa escrita, na televisão, por aí e por ali,  sobre o mar (esse malandro mal intencionado), galgar e invadir a marginal, o paredão, as estradas, a areia, etc.... Mas não estaremos a olhar para o problema de uma forma menos correcta. Será que foi o mar que nos ocupou o espaço que dizemos ser nosso, ou fomos nós que durante anos invadimos o mar e que ele agora reclama apenas o que a ele pertence?
Foto: Um atrelado que deu à praia da Vieira de Leiria, devolvido pela maré.

1 comentário:

Relógio de Corda disse...

Verdade... fomos nós que usurpámos um espaço que não nos pertence e agora estamos a pagar por isso.
Triste pensar que a força do mar nunca nos afectaria. O Homem, às vezes, é tão "ingénuo".

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...