quinta-feira, 1 de abril de 2010

Crueldade ou Ignorância?

As noticias que não são do dia, mas cuja data não é de todo significante, são um pouco como o pão Alentejano de 5 dias torrado com manteiga (não que seja regionalista, mas o Alentejano é óptimo). Vêm sempre a tempo de matar a fome, porque mais importante que actualidade do assunto é a reflexão que fazemos dele.

Ontem li numa notícia, que foram encontrados 21 cadáveres de bebés num rio no Leste da China, perto da aldeia de Jining. Segundo as autoridades, os corpos envoltos em sacos que diziam “lixo hospitalar”, provenientes de um hospital da Universidade de Medicina dessa aldeia, poderiam ser de fetos cujas mães abortaram, ou de bebés que morreram por doença.

Na China o aborto é uma prática corrente.
Devido à política do filho único são efectuados cerca de 13 milhões por ano. A falta de educação sexual é uma das causas “Não se fala em sexo”, toda a informação que circula vem do estado e não existe liberdade de relações e liberdade de expressão.
Mas eu pergunto, e vontade de mudar, será que existe?

O bloqueio de informação, e as imposições de uma ditadura política de controlo de Natalidade, criam raízes de indiferença e de desrespeito pelo nascimento de um novo ser, especialmente em bebés do sexo feminino ou com deficiências. E não se trata apenas de cumprir uma lei politicamente errada e descriminatória, trata-se de uma ignorância desmedida que serve de desculpa para um acto que vai muito além da morte física.
Esta notícia fez-me lembrar uma reportagem feita pela CNN em 2008 intitulada “Quartos da Morte”. Uma Reportagem, infelizmente actualíssima, que mostra o que os chineses fazem aos bebés indesejados.
Nos vários orfanatos que os repórteres visitaram os tratamentos que as crianças têm é de uma crueldade e frieza indescritíveis… que por mais que tente não consigo compreender.

Aqui fica o filme, a qualidade não é a maior, mas a intenção não tem dimensão.



Fonte: Agência Lusa
Video: Youtube

2 comentários:

Tulipa disse...

Só pode ser mentira! kisses

Catarina Reis disse...

Infelizmente não é.

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...