terça-feira, 23 de novembro de 2010

Terapia do Natal

Quando olhamos para o Natal vemos que existe quase sempre um ser feminino por detrás das suas barbas, renas e afins.  
80% da população que tem a àrdua tarefa das compras de Natal, são mulheres. Seres altamente organizados, que minuciosamente planeiam tudo até ao último detalhe: a decoração, as prendas, a ementa de Natal, a operação limpeza depois do Natal. Tarefas que por vezes deveriam ser divertidas e até partilhadas (daí o espírito de Natal), mas que se tornam actos stressantes, obsessivo compulsivos levando-as a procurar um terapeuta que as ajude a ultrapassar os problemas que "acham que têm" na a sua relação com o Natal, sendo que normalmente as suas expectativas é o oposto do que necessitam efectivamente para que esta relação ganhe frutos.

Então o que fazer?
Comecem por fazer um lista de nomes a quem dar prendas, incluindo as que vão mesmo dar, as que vão ser retiradas da lista, e as que eventualmente podem vir a entrar nela... aproveitem as prendas que receberam o ano passado e que várias vezes estiveram para ir para a reciclagem e ofereçam-nas a uma dessas pessoas (atenção para não darem a quem vos deu); façam as vossas compras ao longo do ano, especialmente em altura de saldos, poupam tempo e dinheiro; envolvam as pessoas da vossa casa nas decorações da casa, mesmo que seja preciso elogiar o mau gosto delas. Durante os meses de Novembro e de Dezembro sejam uma desgraça na cozinha, só assim se poderá garantir a compra da ementa de Natal no restaurante do bairro e evitar as horas desgastantes na cozinha. Finalmente quando for altura das limpezas de Natal, finjam que vos deu uma dor qualquer, assim não muito grave, mas o suficiente para que tenham que ficar a relaxar no sofá.
Só espero que as pessoas da minha vida não leiam este post… ou estou feita para o resto do ano.

Imagem: Internet

5 comentários:

Tulipa disse...

Está a chegar a hora, a todo o vapor! :) kiss

Catarina Reis disse...

É verdade Tulipa, por isso esmiuço o tema agora que é para mais tarde não fazer nada, como se isso fosse possível. Beijos

siceramente disse...

Esses 80% estão bastante camuflados! A minha mãe e duas tias incubem-me da missão das compras de Natal para toda a família! claro que se existisse um estudo diriam que são elas que as compram! logo..80%! mulheres..

Rita Pereira disse...

Só tenho pena que a noite de Natal dure tão pouco tempo…Com que então és uma regifter Catherrine!!! ahahahahahah! Vou ter atenção a isso este ano ;) jinhos grandes e até sábado!

Catarina Reis disse...

Pois siceramente números são números.

Ups!! Fui apanhada Ritinha. Beijos até Sábado.

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...