quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Considerações sobre presidênciais

Não me recordo de uma campanha presidencial ter tantos candidatos, se calhar é falha de memória da minha parte, ou ignorância, mas acho que isto é o reflexo do que se passa no mundo laboral, escassez de trabalho e excesso de pessoas que o procuram, é a eterna lei da oferta e da procura, aqui com outro tipo de objectivo, "servir o país" claro, que outro? Esqueçam os valores, as regalias, os tachos, as reformas, enfim... Isso não é nada relevante. E o difícil vai ser mesmo escolher, já viram o conteúdo das propostas dos candidatos. Manuel ataca Cavaco que por sua vez ataca Nobre e assim sucessivamente, o que safa isto tudo é que pelo menos existe um "não candidato" Madeirense com sentido de humor, que faz campanha num carro funerário e que se intitula de "Coelho". E não há-de o pobre tio Alberto João ter tido um ataque cardíaco! Só podia.

4 comentários:

ANTIFALSIDADES disse...

O meu candidato nunca vai a eleições se não era mais um. É o "maluco" do Manuel João Vieira http://www.vieira2011.com/
Bjs da Grécia.
Octávio

Tulipa disse...

Eu concordo, candidato vieira à presidência! :)

Catarina Reis disse...

Como é que ainda não se lembraram disso.
Movimento vieira aqui vamos nós. Beijos aos dois

LM disse...

Ai que saudades do Vieira, sim senhor!:)
Até ver, vou-me rindo com o Coelho e chorando com os outros!

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...