quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

"Primeiro Casamento Gay na GNR"

Não sei se sou eu que estou com carências "frutículas", negligenciadas com excesso de "cafeíana", mas será que a noticia que faz hoje capa no Correio da Manhã, faz algum sentido? "Primeiro Casamento Gay na GNR", em primeiro lugar não vejo qual é a noticia, a homossexualidade é tão comum e normal hoje em dia, como a heterossexualidade, e enquanto não tratarmos assuntos como estes de uma forma banal e normal, na minha opinião, estão a ser alvo de discriminação; mas o que mais me surpreendeu ainda, foi descobrir que afinal a Guarda Nacional Republicana é na verdade uma instituição que organiza casamentos.


6 comentários:

Julie D´aiglemont disse...

A GNR a organizar casamentos devia ser uma coisa linda! Caitering: minis e sandes de couratos, eh!eh!eh!

L.O.L. disse...

Realmente esse jornal vai de mal a pior.

It's really me disse...

adoro a forma inteligente como te expressas. STOP
tenho muitas saudades tuas! STOP
pouquissímo tempo, para gerir tanta coisa. STOP
mas não esqueço @s amig@s. STOP
em especial @s mais querid@s!! =D

Catarina Reis disse...

Pois Julie é tão verdade como as "fruticulas e a cafeiana", não confundir com fruta ou café, isto te digo é muito mais poderoso.

Este jornal é assim, porque tem um tipo de leitores que lhe é fiel L.O.L

Susana também tenho saudades tuas. Isto parece uma declaração gay, será que vão publicar? Beijos

Julio-jagdo disse...

O casal vive.

Catarina Reis disse...

Pois vive Julio. Beijos

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...