segunda-feira, 20 de junho de 2011

O outro mega piquenique

Inicialmente poder-se ia pensar que tinha sido apenas mais um mega piquenique, pelas cadeiras e mesas no jardim, pela música a eclodir pelo bairro,  pelo cheirinho a febras, pela morcela artesanal, pela broa e pelo pão da terrinha,  pela sangria especial do Zé e outras iguarias caseiras a perfumar o bairro sem esquecer os habituais clicks das máquinas fotográficas dos paparazzi;   mas depois... os presentes revelaram que o mega piquenique foi na realidade grande, mas sobretudo em gargalhadas e abraços. Cheio de carinho e de muita dedicação, porque afinal a amizade é feita destes pequenos gestos, onde um pouco de nada parece muito, e onde na realidade um piquenique é apenas mais um pretexto para estarmos juntos.

5 comentários:

L.O.L. disse...

Exactamente. O importante é a confraternização. (escrevi bem????) lol. ;)
Bjos.

Catarina Reis disse...

Escreveste mt bem L.O.L estás a ficar um especialista. Beijos

CA disse...

O importante são as febras, o chouriço, a morcela assada e uma boa pinga pra empurrar. Lololol

Luís Coelho disse...

E a publicidade não conta...?
Quem é que ficou a ganhar ...?

Todos os dias podemos fazer piqueniques quando sorrimos ao nosso vizinho ou fazendo ainda outros pequenos gestos que tornam os outros realmente felizes.

Catarina Reis disse...

CA, a comidinha e a bebida faz toda a diferença mas são as pessoas que fazem a festa. Beijos

Luís, a publicidade conta e todos ficaram a ganhar, por vezes sorrimos para o nosso vizinho e a nossa vizinha não gosta, mas os pequenos gestos são muito importantes. Beijos

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...