sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

O desprezo

Hitler quis em tempos governar o mundo pela força. Agora em épocas mais civilizadas a hegemonia, o desejo pelo poder e a concretização pela especulação económica e politica, trazem à memória traços de uma "raça", autónoma,  perfeita e superior, num estado democrático, Europeu, que se pretende impor pela voz da sua Chanceler numa aliança perfeita com a França, perante um grupo restrito de países fragilizados, que apenas desejam sentir-se presentes.


3 comentários:

L.O.L. disse...

Devias ter arranjado uma foto com vários bancos. Assim teria nascido a caixa multibanco. lolololololol.

Estudante disse...

Eu não sei como é que isto vai acabar, mas bem não é, de certeza... a imagem está mesmo gira x)

Mim disse...

O Mundo começa a meter medo. E o pior é que toda esta austeridade só vai servir para nos deixar mais fragilizados na altura de enfrentar a verdadeira crise, que vai ser o fim do Euro.
Ao menos que acabasse já, antes de nos roubarem o pé-de-meia.

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...