quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Faz-me Festas... em qualquer lado

Não sei se têm reparado, mas parece que quanto maior é a crise, maior é o crescimento de festas, para todos os estilos e gostos, por todos os recantos do país. É que para além das romarias normais, e dos Festivais de Verão instituídos no panorama cultural português, existe ainda os "Summer Fest" por tudo quanto é praias, ou se preferirem, locais de banhos pelo país fora, e ainda uma série de eventos musicais temáticos que proliferam por todo o lado. Acontecimentos, que na minha opinião, acaba por criar algum desinteresse e de certa forma até de banalizar algo, que fazia parte da mística e do encanto das férias e do Verão. O aguardar ansiosamente, pela chegada  das festas religiosas, para ouvir os grupos da terra, para andar de carrinhos de choque e de beber uns "canecos" na tasca do tio Manel... ou de juntar os trocos para fazer pelo menos um daqueles festivais de Verão que trazia os "Dinossauros da Música", e que só dessa forma, colocavam Portugal, no mapa do mundo.
Isto não quer dizer que o que existe actualmente não seja bom, ou positivo, porque cria outro tipo de oportunidades e divulga muito mais a música e a cultura. Mas não será demais?!!! 

3 comentários:

A Tulipa Azul disse...

é verdade, hà festas em todo o lado, eu prefiro ir ás festas tradicionais:)

L.O.L. disse...

Faço sempre as minhas próprias festas cá em casa com boa música e belas guitarradas. Eheheheh=)

manjedoura disse...

haja dinheiro para tantas festas. Eu prefiro as tradicionais/os arraiais

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...