sexta-feira, 23 de abril de 2010

Pedido

Se me amas...

Eu bem queria trazer um travesseiro nos braços e viajar para o país dos sonhos… mas fui acordado abruptamente pelo pesadelo de te ter e de não te ter…

Percorrendo um trilho sem sentido, os meus pés queixam-se porque fui longe demais e agora estou num lugar onde não posso voltar.
Perdi-me.
Desorientei-me nos caminhos que o destino me colocou nas mãos e que eu troquei pelos lugares e os sabores diabólicos num dia de sol, convencido que eram tesouros preciosos, agora, são apenas dores dilacerantes que me fazem chorar mas que não me fazem mudar. Mordo os lábios silenciosamente, sabes? Sabem a tequilha, frutos silvestres, tabaco e sexo. Tenho um orgasmo logo ali… e fico envergonhado porque na rua, os pássaros livres perceberam a minha pretensão de voar para o beirado da tua beira.
Perdi-me novamente.
A dimensão do universo tem o tempo que levou o presente da minha alma ao seu canto mais secreto.
Imploro-te!
Revela-me os segredos da geleia de névoa, antes que o fumo me consuma o resto do cansaço na estação em que te perdi.
Peço-te!
Se me amas,
diz que me amas,
se não me amas, deixa-me ir.



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Imagem: Internet

8 comentários:

Tulipa disse...

Muito bonito, bela inspiração de fim-de-semana! kiss

patrícia disse...

Sem palavras... o texto está simplesmente LINDO! Perco-me tantas vezes assim... difícil é encontrar o rumo certo. Às vezes as coisas dependem de nós e não significa que não nos deixem ir, nós próprios é que não queremos ir.
**

Catarina Reis disse...

Obrigada Tulipa... bom fim de semana também.
Bjs

Catarina Reis disse...

Olá Patrícia, é verdade muitas vezes somos nós que não nos queremos libertar com medo de perder alguma coisa, algum sentimento.
Obrigada, Bjs

Lala disse...

É isto o amor. Senti-lo sem o dizer pode ser atordoante à alma e ao coração, enfim, ao viver. Talvez seja isto a dor de alma. Talvez seja isto o aperto no coração. Sim. Talvez amar seja isto.
*
Ainda bem que temos os passarinhos!
*
Está lindo, Catarina!
Beijinhos**

Natália Augusto disse...

Belo texto poético. Encontrar o Amor nem sempre é fácil, mas se se encontrar é simplesmente maravilhoso.

Beijos

Catarina Reis disse...

Obrigado Laura, ainda bem que temos os passarinhos eh! eh!

Catarina Reis disse...

Olá Natália, realmente o amor "não fácil" é sempre o mais maravilhoso.
Bjs Catarina

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...