segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A geração 3D sem óculos

Primeiro éramos a geração rasca, agora somos a geração à rasca... Resolvemos sair, em tempo certo da casa dos pais, mas continuamos a usufruir dos vales de desconto para a gasolina, das caixas de comida pré-cozinhada, e até de algum apoio financeiro, se tivermos sorte, de alguém que maioritariamente, estudou menos que nós, que trabalhou muito, é verdade, mas que conseguiu reformar-se na idade certa, e que apesar de tudo ainda consegue ter um ordenado superior ao nosso.
É duro, mas neste momento a nossa vida profissional é uma caixinha de surpresas a várias dimensões e perspectivas, mas acho que a culpa não é bem da crise, esta serve apenas para justificar a incompetência, basta olhar para os carros, casas e restaurantes onde o luxo impera, e curiosamente, estes são os mesmos seres que no final do mês nos pedem sacrifícios que declaram falências, e que adiam os pagamentos e que enganam e torturam-nos com palavras mansas. Uma realidade ilusória que muda assim que mudam as vontades, porque os tempos, os tempos é desta maioria que à rasca ou não, consegue fazer o que outros se recusam, afinal a única coisa que sabemos fazer. Lutar.

3 comentários:

Julio-jagdo disse...

Esto es como una dictadura, o manda unos o mandan otros, pero al final hacen lo que quieren y roban lo que quieren, por eso estamos en la situación que estamos.

Todos a los politicos a la calle, pero despues quien viene, otro igual.

Tulipa disse...

Eu tb acho que a crise só serve para atirar areia para os olhos, estamos em crise há muitos anos. beijinho

siceramente disse...

eu adoro pertencer a esta geração! somos muito mais racionais no consumo!

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...