quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

O dilema

Já em tempos aqui manifestei o meu desagrado em relação ao novo acordo ortográfico,  um desrespeito à identidade da língua portuguesa; por imposição laboral, vejo-me obrigada a ter que o usar no dia a dia. Aqui no Blogue e apesar de já o ter feito em alguns textos, para experimentar a ridicularidade de algumas palavras, isso não vai acontecer, felizmente que os autores, na qual eu me encaixo enquanto Blogueira, podem continuar a usar a criatividade e a lealdade à vontade, dando à lingua portuguesa o trato que tanto merece.

Se quiserem rever.

5 comentários:

Gasper disse...

Não consigo escrever pelo novo acordo, acho um atendado à língua portuguesa!

Poison disse...

acho isto ridículo, e acaba apenas por incentivar o pouco estudo da língua portuguesa... Sim porque se os meninos não sabem escrever, em vez de os ensinarmos, tiramos as palavras e os assentos que os incomodam tanto...

ANTIFALSIDADES disse...

O que vale é que os nomes não estão abrangidos por esta modernice.
Bjs
Octávio

Tulipa disse...

Olá Catarina! Compreendo a tua posição, embora a mim seja indiferente o uso ou não, por aqui, do acordo :) No trabalho tenho que usar e também de alguma forma transmitir a outras pessoas, por isso não vale a pena bater muito o pé :)
De qualquer forma, quanto mais cedo todos nos habituar-mos melhor e nada como nos mantermos bem informados, porque com esta história do novo acordo tenho ouvido e visto coisas muito más (erros de ortografia gravíssimos antes e depois do acordo).
a minha posição é mais "vamos facilitar a vida aos que vêm depois de nós e aprender a escrever direitinho".
Beijocas grandes e já escrevi um testamento :)

Catarina Reis disse...

Gasper concordo contigo, um atentado.

Poison eu percebo a tua posição, mas acho que não é bem assim, existe um objectivo com o acordo e até é compreensivel, ainda que não concorde.

Ainda não Antifalsidades, mas para lá caminham vais ver.

Tulipa a tua opinião é sempre uma mais valia para este espaço.

Obrigada a todos um beijo

Publicação em destaque

Outono

Incrível!! Ainda ontem o cair da noite banhava lentamente (a passo de caracol) os nenúfares que boiavam no charco verde de águas cálidas, ...